Site “Não me Perturbe” alerta para mudanças no setor de telecomunicações