Vendedor: o pulmão das empresas

Você já deve ter ouvido os ditados que bom vendedor é aquele que pode vender uma geladeira para um esquimó. Por mais difícil que possa imaginar esses bons vendedores existem de verdade e estão espalhados por todos os cantos. Quem nunca foi abordado na rua por uma pessoa oferecendo um curso para idiomas ou profissionalizante? Recebeu ligações de uma empresa que está te oferecendo o melhor serviço de tv a cabo? Os vendedores já fazem parte do nosso dia a dia que acabamos nem percebendo.

Não há uma empresa que não necessite de uma pessoa que seja capaz de representa-la para chegar até você. Eles podem ter muitos nomes como atendimento comercial, equipe de vendas, operadores de telemarketing ativo ou receptivo, mas todos realizam a mesma tarefa: vender o serviço da empresa para a qual trabalham. Esta é realmente uma excelente ferramenta de vendas, afinal são pessoas lidando com pessoas.

Cada um possui sua técnica de vendas. Quanto mais o vendedor se identifica com seu cliente, mais chances ele terá de efetivar sua venda. O primordial para cativar a sua atenção é ter uma excelente educação com um agradável sorriso na voz. Temos que partir do princípio que você não está esperando a ligação de ninguém, então como ele vai te conquistar se não souber chamar a sua atenção através do bom atendimento? Simpatia e empatia são fundamentais nessa área.

Com poucas ferramentas em mãos, como um simples mailing (lista de contatos para a venda dos produtos), computador e headset – nos casos dos operadores de telemarketings, o vendedor é capaz de fazer milagres para as empresas. Por tanto trabalho e dedicação, é preciso reconhecer este profissional e sua importância para o sucesso da empresa. Por isso, vendedor, parabéns pelo seu dia!