O que é NTSC, PAL e SECAM?

Esses são os padrões de reprodução de vídeo ou padrões de saída de sinal mais comuns. Vamos falar um pouco das suas principais diferenças e dos locais onde eles funcionam.

O padrão NTSC é a sigla para National Television System Commitee. Esse padrão foi lançado em 1941 e está presente em vários países americanos e no Leste da Ásia, mas não está no Brasil, aqui o padrão é o PAL-M.

Esse sistema apresenta 525 linhas de resolução e trasnmite 60 meios-frames por segundo, ou seja, quase 30 quadros por segundo. Além disso, ele possui um aspecto 4:3, que possibilita até 16 milhões de cores diferentes, mas a qualidade das cores não era constatente, tanto que nos EUA ele ganhou outro significado para a sigla Never The Same Color (Nunca a mesma cor).

Os padrões de reprodução de vídeo

Os padrões de reprodução de vídeo

O sistema PAL significa Phase Alternating Line (linha de fase alternante). Esse padrão foi criado em 63, mas só começou a ser usado em 1967.Ele é muito utilizado na Europa e uma de suas variantes é usada no Brasil.

O PAL possui 625 linhas de resolução e mostra 50 meios frames por segundo, ou 25 quadros por segundo, isso torna a imagem tremida, apesar da maior resolução. O PAL-M foi uma variante criada para se adaptar ao Brasil. Já que o PAL funciona numa corrente de 50 Hz e no Brasil a corrente é 60 foi necessária a adaptação, que só é usada aqui.

Esse padrão também recebeu alguns apelidos carinhosos do público como Perfection at last (perfeição afinal), porque ele possuía um sistema de cores superior ao do NTSC e também foi chamado de Pay a lot, por causa do preço dos circuitos usados.

O último sistema de que vamos falar é o SECAM, que transmite 625 linhas de resolução assim como o padrão PAL, mas ele foi desenvolvido na França em 56, mas só foi inaugurado em 1967. Ele usa um sistema de cor analógico em um padrão de transmissão sequencial de amarelos, vermelhos e azuis.

Veja abaixo onde ele é utilizado

NTSC, PAL e SECAM no mundo

NTSC, PAL e SECAM no mundo