Headsets: saiba como escolher o modelo ideal

headsets

No mercado é possível encontrar uma ampla variedade de headsets, modelos com diferentes características para melhor se adaptar à realidade de cada empresa e profissional. Além disso, uma boa ergonomia e design faz toda a diferença.

Isso significa que no momento da compra é preciso voltar a atenção aos equipamentos para escolher aquele que realmente atende às demandas do dia a dia, seja durável, versátil e flexível e colabore para um melhor atendimento.

Dicas para escolher os headsets ideais

Independente do modelo escolhido, todos os headsets devem cumprir funções básicas esperadas destes equipamentos, como uma boa transmissão e recepção de voz para que as ligações tenham qualidade e sejam mais ágeis.

Já para escolher o modelo ideal, é importante conhecer as especificidades encontradas nos headsets, que os tornam mais adequados para essa ou aquela situação, profissional e empresa.

  • Tubos de voz removíveis: São headsets indicados para serem usados por diferentes profissionais que se alternam em turnos muitas vezes sem pausas, como call centers, pois cada atendente tem seu próprio tubo de voz, o que também é mais higiênico;
  • Headsets sem tubo de voz: Com recepção em ambos os lados, esse modelo se destaca por não ter tubo de voz, o que garante mais flexibilidade ao profissional. É indicado para centros de atendimento que demandam mais a movimentação do atendente;
  • Entrada USB: Dê preferência aos headsets com entrada USB, pois eles são mais compatíveis com diferentes equipamentos eletrônicos, como discadores, computadores e notebooks;
  • Cancelador de ruído: As opções com microfone cancelador de ruído são indicadas para centros de atendimento em que os atendentes ficam muito próximos uns dos outros, pois esse headset impede vazamento de ruídos ou interferências durante a ligação;
  • Auriculares: Usados para revestir o fone do headset, o protetor auricular garante conforto ao operador para que ele possa usar o aparelho durante toda a rotina de trabalho. As opções mais encontradas são em courino e espuma;
  • Materiais: Auriculares de courino são ergonômicos, sofisticados e com valor de compra médio; os de espuma são mais simples, porém eficientes e com valor mais baixo; já a tiara deve ser de material reforçado, como aço inox, e o corpo flexível, em nylon. 

Relação custo-benefício

Assim como outros equipamentos da empresa, o headset é um patrimônio que demanda investimento para ser adquirido, mas deve apresentar resultados. 

Ao escolher o modelo ideal, todos ganham: o colaborador que desempenha sua função com mais conforto, os clientes e solicitantes que serão mais bem atendidos e a empresa que poderá oferecer mais ao mercado.

A Top Use possui um amplo catálogo de headsets, com características, valores de aquisição e design que se adequam a cada negócio, tudo com a melhor relação de custo-benefício e entregas em todo país.