Conheça tudo sobre adaptadores e cabos

Quem nunca comprou um aparelho e depois viu que a entrada não encaixava? Esse é um problema recorrente e fácil de resolver. A grande quantidade de entradas e portas diferentes dentro dos aparelhos eletrônicos é consequência das novas tecnologias, mas toda essa variedade tende a confundir e às vezes dificultar a vida do usuário.

Resolver o problema de incompatibilidade das entradas é fácil. Você não precisa comprar um novo aparelho, basta achar um adaptador. Atualmente, existem adaptadores para quase todo tipo de entrada, se você quiser jogar no computador com um controle de Playstation tem adaptador, para duplicar a entra de fone de ouvido também existe um adaptador, ou seja, para uma infinidade de processos é possível adaptar ao invés de gastar dinheiro em um produto novo só por causa da incompatibilidade da entrada.

Mas afinal você sabe para que cada entrada serve? Não se preocupe a gente te explica!

O que é VGA?

Você com certeza já ouviu esse nome, VGA é a sigla para Visual Graphics Array, em português seria algo como mapa gráfico do vídeo ou padrão de disposição gráfica. Uma placa VGA deve ter uma determinada ordem e pixels e resolução. A entrada VGA já é pouco antiga, mas ainda é uma entrada muito presente no mercado de eletrônicos, durante anos ela esteve em computadores, monitores e televisões.

Cabo VGA

Cabo VGA

O VGA foi desenvolvido pela IBM e lançado no mercado em 87, inicialmente, ele era capaz de reproduzir até 256 cores e uma resolução de 640×480 pixels. Com o passar do tempo ele foi se aprimorando e ganhando outros nomes e melhorias, como foi o SVGA, Super Visual Graphics Array, mas como a entrada era sempre igual acostumou-se a chamar simplesmente de VGA .

Durante cerca de 20 anos esse padrão reinou soberano, até que apareceram os padrões DVI, S-Video e HDMI, que acabaram roubando o lugar do VGA, mas ele ainda pode ser encontrado em muitos computadores e televisores. Atualmente, a maioria das placas de vídeo usa o padrão DVI ou HDMI, por isso os conversores VGA/DVI ou VGA/HDMI são muito conhecidos.

O que é DVI?

A conexão DVI é a sucessora do VGA, a sigla significa Digital Visual Interface. Em linhas gerais o DVI é uma interface de vídeo, que veio para aumentar a qualidade de vídeo em equipamentos digitais, como monitores de LCD e projetores. O padrão é capaz de transportar os dados de vídeo sem compressão.

Existem 3 tipos distintos de conexão DVI a DVI-D (digital), DVI-A (analógica) e a DVI-I (digital e analógica).  Com os formatos digitais a qualidade da imagem aumenta, já que não é preciso converter os dados para uma plataforma analógica e depois de volta ao padrão digital.

Os cabos para a conexão variam de acordo com as especificações, por exemplo, as conexões DVI-D e DVI-I acetam dois cabos o Single Link e os Dual Link. Esses cabos usam o sistema TMDS para funcionar, esse sistema torna a transmissão dos dados mais segura, com menos problemas de conexão. Para funcionar ela transmite um sinal duplicado, quando o sistema comparar consegue descartar aquilo que não é igual nos dois, alterações ou ruídos. O cabo Dual Link tem o dobro da taxa de quadros por segundo que Single Link, um tem a taxa de 1920×1980 e o outro de 2048×1536 quadros por segundo.

 

Veja os tipos de entradas VGA

 

O que é HDMI?

HDMI significa High-Definition Multimidia Interface o que em tradução livre seria algo como Interface Multimídia de Alta definição. Basicamente, o HDMI é uma evolução da conexão DVI, que mais que proporcionar ótima qualidade de imagem, também consegue aliar os sistemas de áudio e vídeo em um único cabo, antes do surgimento dessa tecnologia tudo funcionava em entradas separadas.

Os cabos HDMI são a última inovação nesse setor até agora, pode ser encontrado em playstations, Xbox, aparelhos de blu-ray, alguns notebooks e televisões. O cabo HDMI, além da qualidade de imagem e som superior as das outras conexões tem um encaixe muito prático e pequeno.

O cabo HDMI vem com dois tipos de conectores o HDMI-A e o HDMI-B. o HdMI tipo A é muito popular porque já vem com uma conexão compatível com o DVI-D, só um dos lados precisa ser HDMI para funcionar o que aumenta muito a compatibilidade e não tem a necessidade de adaptadores, já o HDMI tipo B vem com as duas pontas HDMI e só transmite em altíssima qualidade, além de usar o sistema dual link, que possibilita maior resolução.

O que é RCA?

Quase todo mundo conhece esse cabo, o RCA é aquele cabo que geralmente vem com três pinos um amarelo, um branco e um vermelho. Esse cabo surgiu na década de 40 por meio da Radio Corporation of America, que dá nome ao dispositivo.

Cabo RCA padrão

Cabo RCA padrão

Ele foi muito difundido graças a sua versatilidade, esse cabo consegue transmitir frequências de muitos ou poucos megahertz e até funciona com aparelhos estéreos.  O RCA também se tornou popular pelo alto padrão de qualidade de som e imagem até hoje os conectores para esse cabo são encontrados na maioria dos equipamentos de áudio e vídeo.

Apesar de ser muito eficaz esse sistema já foi superado por outros padrões como o S-Vídeo, o Vpideo Componente e o HDMI.  Ao longo do tempo o padrão RCA se aprimorou para receber novos recursos e então surgiram novas cores, confira a funcionalidade de cada uma abaixo:

Amarelo: vídeo analógico.

Branco: canal esquerdo de som estéreo (ou mono caso contrário).

Vermelho: canal direito de som estéreo.

Verde: áudio central.

Azul: canal esquerdo em aparelhos surround.

Cinza: canal direito em aparelhos surround.

Marrom: canal esquerdo traseiro em aparelhos surround.

Bege: canal direito traseiro em aparelhos surround.

Púrpura: subwoofer.

O que é P2?

A entrada P2 é a forma mais comum de conectar seus fones de ouvido, headsets etc. Ela vem em diversos tamanhos, você já deve ter percebido, que algumas entradas são mais fininhas outras maiores, para resolver esse problema existem no mercado uma série de adaptadores.

Um exemplo de adaptador é o cabo P2-RCA, que ao invés de ter um fone da ponta tem uma ligação RCA que serve de intermédio para, por exemplo, um amplificador ou um som estéreo.  Além desse, também temos o cabo P2-P2 que tem dois pinos de conexão e pode ser ligado a um computador, para ele passar o som.   Outro dispositivo muito popular é o duplicador de P2, sabe quando você quer ouvir uma música ou curtir um filme com outra pessoa, ao invés de dividir um fone pode se usar o duplicar P2 e conseguir duas entradas P2 para poder encaixar dois fones de ouvido.

O que é USB?

                A entrada USB está presente em quase todos os dispositivos eletrônicos que nos usamos, computadores, notebooks, impressoras, pen drives e por ai vai. Esse dispositivo tão importante é uma sigla para Universal Serial Bus, traduzindo ficaria algo como código de transporte universal.

Modelo de cabo USB

Modelo de cabo USB

Ele foi criado por um consórcio com grandes empresas de tecnologia entre eles estavam a Microsoft, Apple, Hewlett-Packard, NEC, Intel e Agere. Ele foi desenvolvido porque era necessário um dispositivo, que conseguisse fazer uma ligação simples entre aparelhos externos e o computador, antes do USB essas conexões eram lentas e mais complicadas do que o USB plug and play.

A versão, que usamos atualmente é a USB 2.0, que entrou no mercado em 2001 e é uma excelente transmissora de dados com velocidade, além do sistema plug and play, que quer dizer que não é necessário um processo de instalação.

Existem diversos adaptadores para portas USB, para aumentar as entradas, para transformar cabos de videogame em USB inclusive de inversão de gêneros, tornar um cabo macho um fêmea. O importante é lembrar, que sempre se pode adaptar penando nisso a Top Use fez uma linha de adaptadores USB para conexões de áudio, contate-nos para um orçamento.

 

Gostaria de conhecer mais algum sistema de conexão? Pergunte para a gente!