Como saber se o headset é bom?

A maior dúvida na hora de comprar um headset ou até mesmo um simples fone de ouvido é se ele realmente vai funcionar e, se sim, por quanto tempo, pois ninguém quer e nem gosta de jogar dinheiro fora. Na dúvida, oriente-se pelas marcas já conhecidas ou que você já teve uma boa experiência.

Como evitar o estresse no trabalho

 

Porém, há de se levar em conta que existem variações de um headset para outro, o que pode dar a impressão de que este novo produto comprado não é bom. Intensidade do volume ou mesmo pequenas variações em suas configurações podem fazer com que o som saia mais alto ou um pouco mais baixo, porém, em ambos os casos, trata-se de uma especificação do produto.

Todos os aparelhos possuem características que o definem, verifique nas caixas dos produtos os detalhes técnicos de cada um deles e compare para localizar qual diferencia um do outro. Porém, deve-se atentar que o limite seguro de som contínuo para o ouvido é de 80 decibéis. Se ultrapassar desse valor, no decorrer do tempo, você começará a apresentar problemas de audição e até mesmo dores de cabeça com frequência.

Para evitar esse tipo de problema, é indicado que você utilize o headset com o volume médio. Uma forma simples de analisar se ele esta em bom tom, é prestar atenção se o som está tão alto a ponto de não ouvir o que está a sua volta. Se isso acontecer, reduza o volume. E nunca durma com o headset ou fone nos ouvidos. A saúde dos seus ouvidos é tão importante quanto qualquer outra área do seu corpo.